Pianista Catarina Domenici se apresenta no projeto Desconcerto

Que tal ouvir música clássica no ambiente informal de um bar? No dia 19 de novembrosábadoàs 18h30, o projeto Desconcerto promove sua décima quinta edição no Parangolé (Lima e Silva, 240), na Cidade Baixa, em Porto Alegre. Desta vez, a convidada é a prestigiada pianista Catarina Domenici, que apresenta “O piano do Ernesto”.

Foto: Sofia Cortese
Foto: Sofia Cortese

Autor de clássicos como “Odeon” e “Apanhei-te, cavaquinho”, Ernesto Nazareth (1863-1934) transformou em linguagem pianística a sonoridade dos conjuntos de choro de sua época. Em homenagem ao grande compositor brasileiro, Catarina interpreta seus tangos, polcas e valsas.

Assídua dos palcos mais tradicionais de Porto Alegre, Catarina avalia a possibilidade de levar seu trabalho para um bar: “Essa cidade tem tesouros inacreditáveis, e um deles é o projeto Desconcerto. Esse projeto é inovador, e está contribuindo muito para divulgar uma música que até então ficava restrita aos teatros”.

O projeto Desconcerto não cobra um valor fixo de couvert artístico, mas sugere uma contribuição espontânea, de R$ 5 a R$ 20, que remunera os músicos. Reservas pelo 3019-6898.

PRÓXIMA EDIÇÃO DO DESCONCERTO

No sábado seguinte, dia 26, às 18h30, será realizada mais uma edição do projeto Desconcerto no Parangolé. O flautista Artur Elias e o clarinetista Samuel de Oliveira apresentarão um repertório que destaca a obra do compositor norte-americano Elliot Carter.

CATARINA DOMENICI

Professora de piano na UFRGS desde 1993, também mantém ativa carreira como recitalista e camerista. Após o curso de graduação em música na UNESP, quando atuou como pianista do Grupo PIAP, recebeu bolsa (CNPq) para realizar Mestrado e Doutorado em Piano Performance na Eastman School of Music. Lá ganhou o Performer’s Certificate, o Prêmio Lizie Teege Mason de melhor pianista. Além de reconhecida solista detentora de prêmios expressivos ao longo de sua carreira, gravou o CD Porto 60, premiado com dois Troféus Açorianos. Também como camerista, vem colhendo prêmios tais como o de melhor camerista no VII Prêmio Eldorado de Música, o Troféu Açorianos e a da APCA de São Paulo. Na universidade, desenvolve pesquisa pioneira sobre interações compositor-performer na música contemporânea, a qual vem sendo apresentada em congressos na Europa, Ásia e América do Sul.

 

O PROJETO DESCONCERTO

O Desconcerto foi inspirado em projetos que têm levado essa tradição musical a bares e casas noturnas na Europa e nos Estados Unidos (como Classical Revolution e The Night Shift). Tomar um chope enquanto assiste ao recital? Pode. Aplaudir quando uma passagem causa entusiasmo ou entre os movimentos, e não só ao final da peça? Sinta-se à vontade.

O objetivo é justamente apresentar a música clássica em um formato diferente do convencional, transgredindo códigos que conferem um ar sisudo a essa tradição e a afastam do público, e estimulando novas formas de performance e escuta.

 

Serviço:

O que: Desconcerto #15 apresenta Catarina Domenici

Quando: Dia 19 de novembro de 2016, sábado, às 18h30

Onde: Parangolé Bar (Lima e Silva, 240, Cidade Baixa, Porto Alegre-RS)

Quanto: retribuição espontânea

Informações e reservas pelo 3019-6898

PROGRAMA
Catarina Domenici e James Correa: Lux Eterna (in memoriam Ulisses Ferretti e Alexandre Birnfeld)
Ernesto Nazareth: Sustenta a nota; Digo; Você bem sabe; Não caio n’outra; Cruz perigo; Pipoca; Henriette; Matuto; Tenebroso; Sagaz; Sarambeque; Talismã; Travesso; Fon-Fon
Daniel Wolff: Vesper; Cristalina

 

Por: Ana Laura Freitas