Noturnos Zen

Meu noturnal e doce pajem

Eis-me: tua passagem

Em sombrias ondas oceânicas

Cavalgamos

Musas anônimas que somos

Nesses dias de voragem

O que de mais nosso

Nessa era mecânica

É pilhagem da outra margem

Nossas estrelas alegóricas

Tua boa e pastoral imagem

Em ladainhas folclóricas de viagem

A felicidade é irmã frugal

Dessa nossa gentil vadiagem.

Everton Cidade

Everton Luiz Cidade é poeta. Autor de Santo Pó/P, O Bonde Transmutóide e QuiÓ. É vocalista da banda Siléste.