Confira as atrações da última semana do 18º Porto Verão Alegre

Na última semana do 18o Porto Verão Alegre, de segunda a domingo, 13 a 19 de fevereiro, estarão em cartaz os seguintes espetáculos: Stand Up Bagual do Gaudêncio; SeteOito– Impermanências; Borboletas de SOL de Asas Magoadas; Alcemar e a Mascada Perdida;  Projeto Secreto, a Gaiola das Loucas; o infantil a A Arca de Noé; Não conte a ninguém; e Brasileirada – Uma História de Amor.

Atenção: os ingressos antecipados para Alcemar e a Mascada Perdida estão sendo vendidos somente na bilheteria do Teatro do Bourbon Country ou pelo site www.ingresssorapido.com.br .

Stand Up Bagual do Gaudêncio

Datas: 13 a 19 de fevereiro
Horário: 21h
Local: Teatro da AMRIGS, Av. Ipiranga, 5311

Sinopse:

Gaudêncio é um legítimo habitante do campo, figura típica do Rio Grande do Sul. Mais grosso que dedo destroncado, e com a paciência mais curta que chute de porco. Com todas essas “qualidades” sendo exibidas nos palcos (na comédia Cris Pereira Ponto Show) e nos vídeos divulgados no YouTube e pelo Whatsapp, o personagem logo ganhou destaque. O sucesso junto ao público levou o ator e comediante Cris Pereira a interpretar este gaúcho — que foi uma de suas primeiras criações — agora em um novo espetáculo solo e desgarrado. Um show de comédia fundamentado em piadas e histórias que fazem com que o público se identifique com o personagem, ao lembrar de parentes, amigos e conhecidos.

Ficha Técnica:

Direção: Cris Pereira
Roteiro: Cris Pereira
Trilha Sonora: Oliver Weber
Elenco: Cris Pereira e Fabinho Padilha
Iluminação: Oliver Weber
Operação de Som: Oliver Weber
Operação de Projeção: Oliver Weber
Produção Executiva: Luciano Barth Lopes e Jaques Machado
Produção: Ariel Kafer, Fabinho Padilha, Sancris Feijó, Álvaro Pereira.
Realização: Artistaria Produtora de Humor

Duração: 70 minutos
Classificação: 14 anos

SeteOito Impermanências

Datas: 14 e 15 de fevereiro
Hora: 20 h
Loca: Teatro do SESC, Av. Alberto Bins,665

Sinopse:   

SeteOito – Impermanências é um espetáculo que dialoga entre a dança e o teatro, com cenas inspiradas em relações humanas do nosso cotidiano, tendo como característica a mudança de clima de uma cena para outra. Buscando, com isso, propor reflexões sobre a impermanência de qualquer situação em nossas vidas.

É comum em uma aula de dança o professor, sinalizar o início de uma sequencia de movimentos contando em voz alta o final de um compasso de oito tempos: 5, 6, 7, 8 e 1. Em muitos ensaios, sobretudo em início de montagens, usamos o termo “7, 8” para iniciarmos os trabalhos. “Sete, oito” tornou-se significado de prontidão, ação imediata, objetividade. 

Ficha Técnica

Direção Geral: Marco Fillipin
Direção Cênica: Claudia Sachs
Bailarinos / criadores: Thais Petzhold e Marco Fillipin
Trilha Sonora: Driko Oliveira, Claudia Sachs e Marco Fillipin
Iluminação: Cristiano Adeli
Operação de Som: Claudia Sachs
Figurinos e Elementos Cênicos: Antonio Rabadan (Estampas Vitória Fronza)
Assistentes do Figurino: Stanzi Fensterseifer e Victória Capaverde
Projeto de figurino desenvolvido na Co.de Moda ESPM
Foto: Lu Mena Barreto
Assistente de Fotografia: Aimê Bemvenuti
Vídeo: Natalia Utz
Arte Gráfica: Zé Benetti / Estúdio Alfaze
Produção e Realização: SeteOito Dança e Casa Cultural Tony Petzhold

Duração: 60 minutos
Classificação: Livre

Borboletas de SOL de Asas Magoadas  

Datas: 14,15 e 16 de fevereiro
Horário: 21h
Local: Teatro de Arena, Av. Borges de Medeiros 835

Sinopse:

Com 13 anos de vida, mas sempre com novidades, o espetáculo é sucesso por onde passa. Betty recebe em sua casa seus visitantes espectadores para expor particularidades de seu cotidiano, sempre que possível com muito humor. Assim pretende desmistificar as travestis, romper preconceitos e enaltecer a unicidade de cada ser humano.

FICHA TÉCNICA:

Texto e Direção – Evelyn Ligocki
Atuação – Evelyn Ligocki
Colaboração Artística – Celina Alcântara
Iluminação – Cícero Neves
Trilha Sonora – Evelyn Ligocki
Assistência de Produção e Sonoplastia: Kiko Mello
Produção Geral: Evelyn Ligocki

Duração: 50 minutos
Classificação: 16 anos

Alcemar e A Mascada Perdida

Datas: 15 e 16 de fevereiro
Horário: 21h
Local: Teatro do Bourbon Country (Av. Túlio de Rose,80)

Sinopse:

Alcemar é um simples pedreiro. Um homem puro, apaixonado pela vida e por suas aves. Aves raras, selvagens e exóticas. Solitário, não tem ideia da virtude que o destino lhe reservou. Um poder que nenhum ser humano, nenhum rei, nenhum povo conseguiu alcançar. Só alguém como Alcemar poderia ter a bondade e a grandeza de espírito para receber o status máximo de Illuminati, conheça toda a saga em Alcemar e a mascada perdida.

Direção: Eduardo Mendonça
Roteiro: Eduardo Mendonça e Pedro Smaniotto
Elenco: Arthur Gubert, Eduardo Mendonça, Leonardo Barison, Pedro Smaniotto e Tiago Prade.
Figurino: Dé Dullius 

Duração: 70 min
Classificação: 14 anos

Observação: os ingressos para este espetáculo, Alcemar e a Mascada Perdida, somente será vendido na bilheteria do local na Av. Túlio de Rose, 80. Os horários para compra antecipada são de segunda a sábado, das 10h às 22h, e domingos e feriados, das 14h às 20h. Na hora, é possível comprar ingressos com preço de antecipado até duas horas antes do espetáculo e se sobrarem ingressos da venda antecipada.

Projeto Secreto, Gaiola das Loucas

Datas: 16, 17 e 18 de fevereiro
Horário: 20h
Local: Teatro do SESC, Av. Alberto Bins,665

Sinospe:

Em sua quinta temporada, o espetáculo apresenta cinco drag queens que se reúnem para discutir os novos conceitos de família interpretando as personagens do clássico “A Gaiola das Loucas”.

Ficha Técnica:

Dramaturgia: Leandro Ribeiro, criada livremente a partir dos textos de Jean Poiret, Francis Veber, Edouard Molinaro e Marcello Danon

Direção Geral: Leandro Ribeiro

Elenco: Boni Rangel, Davi Borba, Douglas Carvalho, Gabriel Ditelles e Marcello Crawshaw

Stand-By: Juliano Passini

Preparação Corporal/Assistência de Direção: Márcia Metz

Coreografias: Fernanda Majorczyk

Personal Drag: Everton Barreto

Figurinos: Fabrízio Rodrigues

Maquiagem: Luana Zinn

Cenografia/Pesquisa de Trilha Sonora: Leandro Ribeiro

Edição de Trilha Sonora: Cristiano Godinho / Vitório Azevedo

Projeto Gráfico: Rodrigo Santanna / Matheus Rauber

Criação de Luz: Casemiro Azevedo

Iluminação: Casemiro Azevedo / Carlos Azevedo

Fotografia: Cau Guebo

Operação de Som: Alexander Madeira

Produção: Cia. Mundaréu / Renata Crawshaw

Duração: 80 minutos

Classificação: 12 anos

A Arca de Noé

Datas: 18 e 19 de fevereiro
Horário: 17h
Local: Teatro Novo DC, p
rédio D – Rua Frederico Mentz, 1561

Sinopse:

A peça é um clássico musical infantil, composto por Vinícius de Moraes, e cantado por uma trupe de artistas. A história do que aconteceu com os bichos depois que as águas do grande dilúvio baixaram e a arca de Noé desceu à terra traz canções conhecidas das últimas gerações. A história apresenta o macaco que diz ser arquiteto e constrói uma casa muito engraçada. As abelhas fazem mel para alimentar a família de Noé. As aranhas tecem para fabricar novas roupas, as girafas limpam as nuvens, as focas divertem a todos com suas estripulias, o leão cria as novas regras, o urso velho canta para a criançada, a corujinha acorda a turma pela manhã, as pulgas atormentam a todos, os gatos fogem das pulgas e o pato, bem… o pato é uma história à parte.

Ficha Técnica:

Direção: Zé Adão Barbosa
Letra e Musica: Vinicius de Moraes
Direção musical: Everton Rodrigues
Coreografias: Diego Mac
Cenografia: Daniel Jainechine
Figurinos e maquilagem: Gustavo Dienstman e Titi Lopes
Bonecos: Maíra Coelho e Jony Pereira
Iluminação: Casemiro Azevedo
Elenco: Alexandre Cardoso, Ana Cristina De Oliveira, Elisa Meneghetti Everton Rodrigues, Guilherme Torres
Produção: Primeira Fila Produções / Letícia Vieira

Duração: 55 minutos
Classificação: Livre (Teatro Infantil)

Não conte a ninguém


Datas: 17,18 e 19 de fevereiro
Horário: 21h
Local: Teatro de Arena, Av. Borges de Medeiros, 835


Sinopse:

Uma peça que fala sobre amor entre iguais, que retrata a vida de três adolescentes que vivem as experiências de suas paixões e os dilemas da sexualidade. A história gira em torno de Deco e seus amigos Bebel e Igor, que relatam suas dúvidas e descobertas. Também faz uma abordagem de temas polêmicos como a violência doméstica, o suicídio, tocando em pontos cruciais do funcionamento da sociedade contemporânea e explora os limites experimentados na adolescência.

Ficha Técnica:

Texto: Ricardo Corrêa
Direção e produção: Paulo Guerra

Elenco: Áquila Mattos, Renata Stein e Roger Santos (Deco)

Realização: Cia Halarde de Teatro

Duração: 65 minutos
Classificação: 16 anos

Brasileirada – Uma História de Amor

Datas: 18 e 19 de fevereiro
Horário: 21h
Local: Teatro Novo DC, prédio D – Rua Frederico Mentz , 1561

Sinopse:

Este espetáculo de dança e música conta a história de Avelino e Severina, um casal de forrozeiros que nutre uma arrebatadora paixão pela dança e pela rica cultura popular brasileira. Viveram uma bonita história de amor temperada com muita pimenta, humor e uma pitada de confusões. Até que um dia Severina é surpreendida por uma carta de Avelino, na qual ele revelou a necessidade de uma viagem pelos quatro cantos do Brasil em busca de trabalho e novas histórias. Severina adoece de saudades e decide viajar ao encontro de seu amado. Para preencher o vazio que deixaram um no outro, ambos irreverentes bailarinos se aventuram em diversos cenários de nosso país: desde o pampa gaúcho até os manguezais do Pará, se encantando por onde passam com o bailar de cada lugar.

Ficha Técnica:

Diretor geral: Clóvis Rocha
Diretor Artístico: Claudia Dutra
Coreografia: Clóvis Rocha, Belize Leite, Ederson Dorneles
Luz: Karrah Luz
Som: Patrik Simões
Produção: Rosane Gaia/ Ana Carolina Vieira

Classificação: livre
Duração: 80 min

SERVIÇO:

OS TEATROS escolhidos para sediar os espetáculos são:

O Centro Histórico-Cultural Santa Casa (Independência, 75), o Instituto Ling (Rua João Caetano, 440), o Teatro de Arena (Av. Borges de Medeiros, 835), Teatro da AMRIGS (Av. Ipiranga, 5311),Teatro Novo DC (Rua Frederico Mentz, 1561), o Teatro Renascença, a Sala Álvaro Moreira (Av. Érico Veríssimo, 307),Teatro Renascença, o Theatro São Pedro (Praça Mal.Deodoro SN- Centro Histórico), Teatro do Sesc (Av. Alberto Bins, 665).

OS INGRESSOS continuam tendo preço promocional.

Valores:

No Teatro: R$40 inteira

R$32 Clube ZH e Banricompras

R$20 idoso e estudante

R$20 Teatro infantil

Antecipado R$30 inteira

R$24 Clube ZH e Banricompras

R$20 idoso e estudante

R$20 Teatro infantil

Observações:

Na compra de ingressos antecipados será aceito dinheiro e Banricompras – débito.

Nos teatros, apenas dinheiro.

Clube do Assinante ZH e Banricompras: desconto válido para titular e um acompanhante

(2 ingressos por peça).

Estudantes devem apresentar documento comprovando relação atual com instituição de ensino, conforme Leia da Meia Entrada. A lei entrou em vigor em 01/12/2015, decreto nº 8.537 de 5 de outubro de 2015, que regulamenta a nova lei da meia-entrada (Lei n° 12.933/2013) e o Estatuto da Juventude (Lei n° 12.852/2013).

PONTOS DE VENDA:

A compra antecipada dos ingressos pode ser feita em dois tradicionais pontos de venda: no 3o andar do Praia de Belas Shopping, de segunda a sábado, das 10h às 22h, domingos das 13h às 19h. No Casarão Verde – loja 133 – do DC Shopping – de segunda a sexta, das 10h às 19h. Além disso, foram confirmados mais dois pontos de venda: na Loja Multison do Shopping Iguatemi (térreo), de segunda a sábado, das 10h as 22h e domingo das 14h as 20h, e Loja Multison na Av. Andradas, 1001, de segunda a sexta, das 9h as 18h, de sábados das 9h as 13h.

As vendas também acontecem pela Internet, pelo site http://portoveraoalegre.myticket.com.br/ (com cobrança de uma taxa de 20% sobre o valor do ingresso), e com antecedência de 24 horas em relação à data do espetáculo. Para compras pela internet, os únicos descontos que valem são referentes à Lei Federal da meia entrada.

Os ingressos também podem ser adquiridos na bilheteria de todos os teatros, no dia em que acontecem os espetáculos, duas horas antes do horário de início, se sobrarem ingressos.

O espetáculo apresentado no Teatro do Bourbon Country, Alcemar a Mascada Perdida, nos dias 15 e 16 de fevereiro, somente será vendido na bilheteria do local na Av. Túlio de Rose, 80. Os horários para compra antecipada são de segunda a sábado, das 10h às 22h, e domingos e feriados, das 14h às 20h. Na hora, é possível comprar ingressos com preço de antecipado até duas horas antes do espetáculo e se sobrarem ingressos da venda antecipada.

O 18º Porto Verão Alegre é apresentado por Banrisul e Zaffari, juntamente com o Ministério da Cultura, e tem patrocínio de DLL e Pan Fácil.

Sobre o Porto Verão Alegre:

A geração de mil empregos diretos, e tantos outros indiretos, retrata um lado pouco destacado de uma iniciativa que chega ao 18º ano em 2017 e que foi responsável por mudar o hábito dos gaúchos no verão. A realização ininterrupta do Porto Verão Alegre durante 18 anos também é responsável pela disseminação da ideia de que teatro é para todos. Com uma audiência cativa e formada por pessoas entre oito e 80 anos, vindas de diversas cidades do Estado, o Porto Verão Alegre – que passou a incluir outras atividades artísticas paralelas de literatura, artes plásticas e cinema, além de gratuitas, ao longo dos anos – já atraiu mais de meio milhão de pessoas, média de 40 mil pagantes por edição, e que vem aumentando ano após ano. O Porto Verão Alegre é um projeto privado realizado pela Mezanino Produções, liderada pelos atores Rogério Beretta e Zé Victor Castiel, e pela Mais Além, dirigida por Cláudia Dmutti.

Por: Grazieli Binkowski