Circuito Cultural cia. De arte recebe a cia. Cena aberta com a peça “As bodas da filha do bandoleiro”

A Companhia de Arte de Porto Alegre segue com o projeto Circuito Cultural Cia. de Arte no próximo dia 12 de novembro, sábado, às 18h30min e às 20 horas, com o espetáculo “As Bodas da Filha do Bandoleiro”, de Montenegro.

Por: Virgilio Lopes
Por: Virgilio Lopes

O Centro Cultural Companhia de Arte, carinhosamente conhecido como Cia. de Arte, atua desde 1985 no cenário cultural de Porto Alegre.  O Circuito Cultural Cia. de Arte foi contemplado com o FAC/RS, Fundo de Apoio à Cultura do Rio Grande do Sul, na categoria de Apoio à Programação Continuada em Espaço, para promover apresentações de artistas, grupos e companhias de teatro, dança e música do interior do Estado. A iniciativa é uma oportunidade de intercâmbio, onde grupos, companhias e artistas recebem subsídios para apresentações na Cia. de Arte, apresentando a Porto Alegre uma mostra da arte praticada fora da capital. Cada proposta contemplada terá duas apresentações entre os meses de outubro e novembro de 2016 e também uma atividade formativa – workshop, oficina, palestra, bate-papo que apresentem os processos artísticos dos contemplados. Ao todo, serão 06 proposta contempladas. As inscrições são gratuitas. A convocatória pode ser conferida no link https://www.sendspace.com/file/3bivwk

O projeto Circuito Cultural Cia. de Arte recebe como quinta atração “As Bodas da Filha do Bandoleiro”, com a Cia. Cena Aberta, texto e direção de Marcos Cardoso, uma comédia baseada na cultura gaúcha do homem do campo. Na região da Campanha, no início do século passado, saqueadores aterrorizam os pequenos vilarejos do interior do Rio Grande do Sul. Porém, Chico Bandoleiro assusta a todos por outro motivo: quer casar sua filha, que é extremamente feia. Por uma sucessão de equívocos, João Tirano, matador de ratos, aparenta ser o genro ideal para a filha do temido bandoleiro. Junto com sua irmã Mariana, João enfrenta o dilema de revelar sua identidade e morrer ou manter a farsa e casar com a horrenda mulher.

A comédia expõe temas atuais, como bullying e autoestima em um espaço cênico que remete ao rústico e ao antigo, tendo como pano de fundo a cultura tradicional gaúcha. O cenário é uma carroça performática e a trilha sonora, composta pelo grupo, é toda executada ao vivo. Os atores cantam, dançam e interpretam seus personagens para dar vida ao espetáculo. No elenco, Ana Julia Vieira (também responsável pela criação coreográfica), Tuti Kerber, Júlio César Schuster e Samuel Vier (também responsável pela preparação vocal). Figurinos de Fabrízio Cardoso e assistência de direção de Everton Santos. Mais informações: http://ciacenaaberta.blogspot.com.br/

Coordenação geral do projeto é de Miguel Sisto Jr.

Informações pelo https://www.facebook.com/circuitoculturalciadearte/

 

Serviço: 

O QUE: Circuito Cultural Cia. de Arte, com o espetáculo adulto “As Bodas da Filha do Bandoleiro”, da cidade de Montenegro. Duração de 50 min.

QUANDO: 12 de novembro de 2016, sábado, às 18h30min e às 20 horas. Bate-papo criativo com o grupo no próprio dia 12, após o segundo espetáculo.

ONDE: Companhia de Arte (Rua dos Andradas, 1780 – Centro – telefone 32259189).

QUANTO: Entrada franca.

Divulgação: Lauro Ramalho (33728736/98458736 e lauroramalho@yahoo.com.br)

 

Por: Lauro Ramalho