Artista gaúcha faz exposição sobre tempestade que devastou Porto Alegre

Um dos maiores temporais do Estado serviu como inspiração para uma artista plástica de Porto Alegre. A tempestade derrubou centenas de árvores e deixou a cidade sem luz e sem água por alguns dias. Carol W inaugura a exposição “Escuridão que me Clareia”, baseada nos sentimentos que o caos provocou nos habitantes da cidade no final de janeiro de 2016. Quem for ao Vila Flores entre os dias 10 e 24 de novembro poderá conhecer e também interagir com algumas obras de arte. Os troncos de árvores recolhidos serão usados como expositores das peças criadas. Uma forma de reutilizar e reciclar o que acabou destruído.

 

Foto: Carolina Zogbi
Foto: Carolina Zogbi

Entre as questões abordadas na exposição estão o medo provocado pela escuridão, a força da natureza, a fúria da tempestade, a  intensidade da chuva, a velocidade do vento e o silêncio da solidão. Mas o trabalho destaca também é o lado bom provocado em todas estas situações, como o despertar de outros sentidos, e a auto descoberta. Os apoiadores do evento são Brilia e o EducAR.

A exposição “Escuridão que me Clareia”, que contou com financiamento coletivo através de crowdfunding, ainda oferece atividades extras: um bate papo com a psicóloga Priscila Passos D’Avila, que vai abordar questões sobre o tema, uma visitação com audiodescrição, guiada pela OVNI – Acessibilidade Universal e uma oficina de construção de bonecos com a artista plástica e idealizadora do projeto Carol W. A entrada para os eventos será um quilo de alimento não perecível, que vai ser doado para ONGs.

No dia da inauguração da exposição haverá comidas (Letícia Borges com risotos e Débora Herjean com hambúrgueres, ambos com opções veganas!) e cerveja artesanal da Fil, para os convidados que quiserem agradar o paladar enquanto apreciam o trabalho sensível e inédito da artista. Para complementar esta experiência, que vai mexer com os seus sentidos, o café Mineraux vai fazer uma degustação às cegas!

Prepare-se para ver, sentir e desnudar a sua alma! Venha conferir e se divertir nesta diferente exposição e descobrir o que a escuridão traz de bom para vocês!

 

“A ESCURIDÃO QUE ME CLAREIA”

LOCAL: Vila Flores (Rua São Carlos, 759 – Bairro Floresta)

Data: de 10 a 24 de novembro

Dia 10 – às 19h Inauguração

Dia 17- Bate papo com a psicóloga Priscila Passos D’Avila – Entrada 1 kg de alimento

Dia 18 – Visitação com grupos para audiodescrição

Dia 22 – Degustação às cegas- Café Mineraux

Dia 23 – Oficina de construção de bonecos com Carol W- Entrada 1 kg de alimento

 

Por: Otto Herok Netto