Lançamento de documentário celebra doze anos da Oficina de Choro e Samba do Santander Cultural

No dia 30 de abril, às 19h, ocorre o lançamento do curta-metragem Oficina Choro e Samba, no Cine Santander Cultural. Documentário dirigido por Francisco Cadaval, que traz no elenco Luis Machado, Mathias Pinto, Camila Kramer e Robert Lopes, conta a história de um trabalho de sucesso. Com a proposta de promover a educação musical por meio da linguagem do choro, com abordagem prática e teórica, a Oficina Choro e Samba do Santander Cultural é realizada há exatamente doze anos.

Foto: Tom l
Foto: Tom l

Os encontros semanais consistem em um resgatar e ilustrar as origens e o desenvolvimento dos gêneros choro e samba, considerados as primeiras manifestações musicais genuinamente brasileiras.

Vale destacar que em 2015, a Oficina recebeu Menção Honrosa no Prêmio Açorianos de Música. Em 2016, o mote está sendo a criação de novos grupos que fomentem o cenário cultural nacional e até internacional, com repertórios próprios e releituras de clássicos de compositores fundamentais para o gênero, como Ernesto Nazareth, Pixinguinha, Paulinho da Viola e outros.

A oficina é gratuita, abertas para todos os públicos de todas as idades e os participantes podem levar seus instrumentos. As inscrições estão sempre abertas, aos sábados, no local, com Mathias Pinto, instrutor que assumiu o posto do professor Luis Machado em 2014.

 

Por: Mariele Salgado